MOBILIDADE X FLEXIBILIDADE. VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

mobilidade & aquecimento, treinamento & coaching -

MOBILIDADE X FLEXIBILIDADE. VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

Por Calvin Sun

Nos últimos anos, coaches e fisioterapeutas vêm alinhando os seus discursos. Muitos fisioterapeutas possuem certificações em força e condicionamento enquanto coaches fazem seminários e cursos para aprenderem mais sobre liberação miofascial e técnicas para melhorar a amplitude dos seus movimentos.

No passado, os treinadores simplesmente instruíam os seus alunos em como "se alongar", focando no aumento de flexibilidade da musculatura, normalmente curta e travada.

Hoje em dia, especialmente na comunidade do CrossFit, nós ouvimos muito o termo "mobilidade" usado em conjunto com a palavra "alongamento", e isso causa uma certa confusão entre coaches e alunos. 

De um ponto de vista clínico, mobilização das articulações tipicamente se refere ao tipo de intervenção manual onde um fisioterapeuta move a articulação para ajudar a restaurar sua função e/ou aliviar sintomas.

Mobilidade deve ter uma abordagem proativa, e não reativa. Em outras palavras, não espere você sentir dores ou problemas para tratá-los. 

Frequentemente vemos atletas finalizando workouts com centenas de movimentos de agachamento e overhead com peso e depois não fazerem nada em relação aos potenciais problemas que podem acontecer.

Existe muita coisa que você pode fazer para evitar lesões, aumentar a sua recuperação e melhorar a sua performance.

Nós dividimos a mobilidade em três principais modalidades: 

Mobilização do tecido mole, alongamento e mobilização das articulações.

Mobilização do Tecido Mole

Existem diversas modalidades de mobilização de tecido mole. Nas academias, a auto-liberação miofascial é a forma mais comum de fazer isso. 

Ferramentas como rolinhos de espuma e bolinhas de massagem são constantemente utilizadas nessa modalidade.

Essa auto-liberação miofascial pode ser realizada antes ou depois dos treinos. Porém, algumas vezes ela não é o suficiente e o atleta busca um massagista, quiroprata ou fisioterapeuta que são treinados para lidar com problemas que vão além do conhecimento do coach. 

Modalidades como soltura e ativação muscular são algumas formas utilizadas pelos profissionais da área. Caso você esteja tendo dores agudas e constantes, vale a pena buscar a ajuda de um profissional.

Alongamento

A forma mais comum de se alongar a musculatura é utilizando alongamentos estáticos ou dinâmicos. 

Os alongamentos estáticos normalmente envolvem manter a musculatura em uma posição esticada. Através de inibição autógena, esse método permite aumentar a amplitude passiva do seu movimento. Normalmente esse tipo de alongamento deve ser feito durante no mínimo 30 segundos.

Já o alongamento dinâmico pode ser feito de várias maneiras. Normalmente é realizado alongando o músculo, seguido de uma contração, e depois alongando mais. A recomendação normal é fazer cinco ciclos de 5 segundos de contração por 10 segundos de alongamento passivo.

Mobilização das Articulações

Várias técnicas podem ser usadas para as articulações, incluindo elásticos. O objetivo da mobilização das articulações é ajudar a aumentar a extensão da cápsula da articulação ao quebrar aderências e/ou alongar a própria cápsula

Tenha cuidado se você está sentindo dores ou é suscetível a luxações ou deslocamentos das articulações. Se esse for o caso, mobilizar as articulações não é indicado.

Mobilização X Aquecimento

Mobilização (ou mobilidade) não pode ser confundida com um aquecimento. O foco principal da mobilização é melhorar as suas posições e então aumentar sua potência e performance. 

Um aquecimento é desenvolvido para preparar o seu corpo para o movimento, ele não resolve problemas de posição. 

A maior parte das aulas da Invictus envolvem um aquecimento que consiste em movimentos dinâmicos de aumento da amplitude de movimento, que certamente vão te ajudar a realizar a sessão de treinos. 

Porém, caso você tenha problemas que impedem você de entrar nas posições corretamente, você irá precisar complementar o seu treino com uma prática de mobilidade para conseguir resolver esses problemas.

Agora que você já sabe um pouco da diferença entre mobilidade e flexibilidade, diz aí: o que você precisa trabalhar mais? Mobilidade, flexibilidade ou ambos?

Agora que você sabe todas as diferenças entre mobilidade e flexibilidade, Acesse nosso site e fique por dentro de tudo sobre o mundo Fitness, melhores treinos, roupas, acessórios e muito mais


Deixe um comentário