VOCÊ SABE CONTAR REPS?

mindset & estilo de vida, mindset invictus, motivação, treinamento & coaching, treinamento funcional -

VOCÊ SABE CONTAR REPS?

Por Kim McLaughlin

Existe mais de uma maneira de contas repetições em um workout, mas existe uma que pode ser mais fácil mentalmente do que as outras. Na verdade, mudar a maneira que você conta as repetições pode ser a diferença entre terminar um workout dentro do tempo e acabar um completamente derrotado. Pode ser também a diferença entre ir unbroken em uma série ou descansar por várias vezes ao longo do treino. A maneira que você conta pode ser frequentemente a diferença entre o primeiro lugar e o 15° lugar de uma competição.

Então, qual é a melhor maneira de contar? Isso depende do workout e do movimento. Sempre que você vir um número alto de repetições em um workout, pare durante um segundo para analisar as diferentes maneiras que você pode fazer para juntar as repetições, e juntar repetições não é o mesmo que quebrar repetições. Há uma diferença.

Pegue por exemplo o workout "Karen". À primeira vista, 150 wallballs parecem ser uma tarefa muito difícil. Se eu sei que consigo fazer séries de 20 unbroken, eu pensarei em juntar a minha contagem em séries de 20 para começar. Na minha cabeça, eu conto até 20 e depois até 20 novamente. Quando eu sentir que o meu corpo está querendo parar (depois de mais ou menos 40 reps), eu vou tentar juntar em séries menores. Sem deixar a bola cair, as séries que eu juntava em 20 vão mudar para 4 séries de 5 ou 2 séries de 10. Seguindo esse padrão, eu vou conseguir fazer pelo menos 60 repetições sem quebrar. Nesse ponto, o que são mais 15 reps. Se eu conseguir fazer isso, já estou no meio do workout! O fato é que quanto mais fáceis de fazer forem os "agrupamentos" em sua cabeça, o mais fácil vai ser para fazer essas séries na prática.

Pequenos agrupamentos de repetições é uma maneira de quebrar o número de reps para que o seu cérebro não entre em pânico quando você chega em números tipo "78-79-80...". Qualquer coisa que a gente possa fazer para enganar o nosso cérebro em pensar que temos apenas algumas poucas repetições para terminar pode ser muito benéfico. Mesmo mudarmos a maneira de contar dentro desse agrupamento pode ajudar. Tente contar 1, 2, 3, 4, 5 e depois para baixo 5, 4, 3, 2, 1. Pronto! Você já fez dez repetições e nem teve que passar do número cinco.

Experimente maneiras diferentes de contar nos próximos workouts e veja se ajuda você a superar o que você achava ser o seu limite. Eu garanto que a maneira que você conta importa. Mentalmente, isso parece ser besta, mas pode ser a diferença entre ir bem em um workout e deixar que esse workout destrua você!


Deixe um comentário